Facebook Twitter YouTube

CUT SE > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SINDICONTAS REIVINDICA REPOSIÇÃO INFLACIONÁRIA

Sindicontas reivindica reposição inflacionária

05/10/2017

Negociação dos servidores com a Presidência do TCE foi exitosa. Agora Sindicontas aguarda posicionamento dos demais conselheiros.

Escrito por: Iracema Corso

 

A votação da reposição inflacionária do salário dos servidores do Tribunal de Contas de Sergipe (TCE) foi prorrogada para a próxima semana. Na próxima terça-feira, acontecerá uma reunião administrativa para definir ajustes necessários e só então a proposta retornará ao plenário para ser votada.

 

Dirigente sindical e servidor do TCE, Waldson Silva está confiante que na próxima semana haverá uma decisão favorável para os filiados ao SINDICONTAS. “Havia uma ansiedade grande dos servidores. Construímos uma mobilização e todos acompanharam a sessão plenária com adesivo de identificação da nossa pauta para reforçar que esta não é uma luta isolada da diretoria do sindicato. Os servidores ficaram um pouco frustrados com a protelação, mas continuam acreditando no compromisso firmado pelos conselheiros. Reafirmamos que não estamos lutando por aumento, é apenas a reposição salarial”, explicou.

 

Presidente do SINDICONTAS, Anselmo Costa explicou que a reposição salarial requerida pelo sindicato representa o resgate de cinco anos de perdas acumuladas totalizando em 7,36%. “Desde o começo lutamos pelo pagamento das perdas salariais. Os conselheiros se mostram favoráveis e há uma folga no orçamento atual devido à aposentadoria de 30 servidores. Então esta reposição inflacionária além de justa é viável”.

 

Aposentados
No começo da semana, os dirigentes sindicais concederam entrevista em emissora de rádio local para explicar a luta em defesa do pagamento da remuneração dos aposentados em dia. Waldson Silva conta que há quase um ano os aposentados estavam recebendo a remuneração fora do mês e em sua defesa o sindicato ingressou com uma ação na Justiça. No último dia 2 de setembro foi concedida uma liminar exigindo a regularização do pagamento dos aposentados. Em caso de descumprimento, o Ipes Previdência e o Governo do Estado terão que arcar com o pagamento de multa.

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Senadora Gleisi Hoffmann fala sobre a campanha
Senadora Gleisi Hoffmann fala sobre a campanha "Anula Reforma"

http://anulareforma.cut.org.br

RÁDIO CUT

Copyright © 2002-2012 CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.438 - Entidades Filiadas | 7.464.846 - Sócios | 22.034.145 - Representados
Rua Porto da Folha, nº 1039 – Bairro Cirurgia – CEP: 49055 540 – Aracaju/SE | Tel.: (79) 3214-4912 – Fax: (79) 3222-7218